O Programa de Educação e Ação Social oferece apoio especializado às crianças e jovens, bem como suas famílias e escolas. O atendimento é realizado em grupos de modo interdisciplinar, articulando ensino e pesquisa com as áreas de Pedagogia, Psicologia e demais Licenciaturas, tendo em vista a necessidade de qualificar os processos de ensino e de aprendizagem dos sujeitos atendidos.

Busca-se também fomentar a atitude investigativa e crítica na formação dos estagiários vinculados ao Programa.

Como Participar

As crianças e/ou os jovens: são encaminhados pelas escolas, profissionais da área da saúde ou por outras instituições. Os mesmos devem se dirigir ao Educas acompanhados dos responsáveis para realizar inscrição.

Após a inscrição, é realizado a atividade de acolhimento que acontece durante todo ano para diagnosticar as demandas da criança e do jovem bem como a dinâmica familiar.

As vagas variam de acordo com a disponibilidade para a realização dos atendimentos.

Os acadêmicos e ou estagiários: podem participar por meio da realização de estágios: Estágio curricular, voluntariado acadêmico. Os estudantes podem também desenvolver trabalhos de investigação para TCCs e demais trabalhos acadêmicos.

Todos os interessados devem enviar o currículo para o e-mail do Educas e aguardar o retorno com informações do próximo processo seletivo.

Atividades Desenvolvidas

Objetivo das ações


  • Potencializar um movimento no contexto educacional, contribuindo para os processos de inclusão, permanência e aprendizagem das crianças e jovens.
  • Qualificar o processo de formação dos estagiários, incentivando-os a refletirem sobre as atividades desenvolvidas, bem como, discutindo sobre as possibilidades de estabelecerem relações entre os que estudam na universidade com os que desenvolvem atividades no Educas.

Descrição das ações


  • Grupo de atendimento às crianças, jovens e famílias: Espaços de criação, ensino e aprendizagem, buscando problematizar as narrativas de fracasso escolar, não aprendizagem e deficiência a fim de estimular as potencialidades dos sujeitos envolvidos;
  • Grupo de estudos: oportunidade de formação permanente a partir do estudo e reflexão sobre temáticas relacionadas a aprendizagem que pretende estimular uma postura investigativa nos estagiários, visando promover outro olhar, problematizando os processos de in/exclusão;
  • Supervisão de estágios: orienta, apoia e assessora os estagiários no desenvolvimento de seus projetos para a atuação nos grupos com as crianças e jovens ou com as famílias.
  • Reuniões e assessorias às escolas: promove estudos e reflexão a respeito dos encaminhamentos dos alunos ao programa e sobre os temas relacionados à aprendizagem e in/exclusão.

Parceiros

  • Cursos de graduação: Licenciaturas, Pedagogia e Psicologia
  • Programa de Pós-Graduação em Educação Unisinos (PPGEDU)
  • Grupo de Estudo e Pesquisa em Inclusão (GEPI)
  • Escolas Municipais e Estaduais de Educação de São Leopoldo
  • Centro de Referência da Assistência Social (CRAS)
  • NAPPI – Núcleo de Apoio e Pesquisa ao Processo de Inclusão Secretária da Educação
  • CAPS infantil- Centro de Atenção Psicossocial
  • PIBID/Unisinos – Programa de Iniciação a Docência

Equipe de Coordenação

Dra. Rejane Ramos Klein- Coordenadora Geral
Cilene de Lurdes Silva - Pedagoga
Ma. Melissa Hickmann Muller- Psicóloga
Andressa Andrioli da Rocha – Psicóloga

Horários:

Segunda-feira: 9h às 12h/ 13h30 às 17h30
Quarta-feira: 8h às 12h/ 13h30 às 17h30
Quinta-feira: 13h30 às 18h
Sexta-feira: 8h às 12h

Rua Brasil, nº 725, Centro
São Leopoldo/RS- 93010-030
Fone: 5135908775 (1128/1168)
E-mail: educas@unisinos.br


»Política de privacidade Unisinos
Jesuítas Brasil Unisinos - Somos infinitas possibilidades