• De 20/08/2018 a 23/10/2018

  • Sala Ignacio Ellacuría e Companheiros – IHU | Campus Unisinos São Leopoldo (Av. Unisinos, 950 – Bairro Cristo Rei, São Leopoldo – RS)

R$10,00 (dez reais) por palestra

Este evento já ocorreu

Programação

20 de agosto (segunda-feira)
17h às 18h30min – La vie algorithmique: critique de la raison numérique (A vida algorítmica: crítica da razão digital. Tradução livre). Obra de Éric Sadin
Apresentação da obra pelo Prof. Dr. Icaro Ferraz Vidal Junior – UTP-PR
Acesse a apresentação em PDF
*Esta atividade também faz parte evento 3º Ciclo de Estudos Revolução 4.0. Impactos aos modos de produzir e viver

29 de agosto (quarta-feira)
19h30min às 22h – Prosperidade sem crescimento: vida boa em um planeta finito. Obra de Tim Jackson
Apresentação da obra pela Profa. Dra. Clitia Martins  FEE-RS e ECOECO
Acesse a apresentação em PDF

17 de setembro (segunda-feira)
19h30min às 22h  Crítica da razão negra. Tradução de Marta Lança. Obra de Achille Mbembe
Apresentação da obra pelo Prof. Dr. Deivison Moacir Cezar de Campos  ULBRA

23 de outubro (terça-feira)
19h30min às 22h – No tempo das catástrofes. Tradução de Eloisa Araújo. Obra de Isabelle Stengers
Apresentação da obra pelo MS Ricardo Machado – Unisinos
Acesse a apresentação em PDF

Apresentação

A modernidade e seus paradoxos tem revelado uma civilização avançada na razão técnica e dramaticamente indigente na razão ética. (VAZ, 1997)1. Um paradoxo forjado no âmago de uma crise sistêmica, em uma civilização sem ethos e, portanto, impotente para formular a ética correspondente às suas práticas culturais e políticas e aos fins universais por ela proclamados. Nesse sentido, a realidade atual suscita e desafia a debater o impacto humano sobre os recursos terrestres e, em última análise, sobre o ser em comum dos diferentes modos de existência.

Ao mesmo tempo, tem-se que as mudanças impostas nos ecossistemas terrestres, desde a primeira Revolução Industrial e, mais aceleradamente, no bojo de uma quarta Revolução Industrial, desembocaram em um processo incontornável de modificação planetária em que nos encontramos atualmente. São necessárias outras perspectivas de convivência com a sustentação da vida no Planeta, que tenham como cerne a consciência ética que entenda a Terra como uma totalidade complexa físico-biológico-antropológica.

É diante desta complexificação dos limites e possibilidades do ser em comum que o Instituto Humanitas Unisinos - IHU propõe o Ciclo de Estudos A contemporaneidade em debate. Intérpretes e obras. O referido ciclo visa debater transdisciplinarmente temas que contribuam para a análise da contemporaneidade, a partir de diferentes autores e obras acadêmicas, buscando compreender a complexidade do ser em comum e seus diferentes modos de existência.

Adota como perspectiva metodológica o debate dos temas/fenômenos e suas implicações à complexa trama do ser em comum e seus diferentes modos de existência, a partir de obras acadêmicas de autores de diferentes áreas do conhecimento. Mais do que isso, para o debate de cada obra e dos temas/fenômenos que elas suscitam realiza duas sessões. Uma primeira sessão onde haverá a exposição e debate da obra, com apresentação de resenha por parte de um pesquisador vinculado à temática, para em um segundo momento, fazer o debate com o próprio autor da obra, sempre que isso for viável. Assim, garante-se por um lado o conhecimento prévio do tema e fomenta-se um debate mais aprofundado, com viés mais complexo e transdisciplinar no segundo momento.

Objetivo Geral

Debater transdisciplinarmente temas que contribuam para a análise da contemporaneidade, a partir de diferentes autores e obras acadêmicas, buscando compreender a complexidade do ser em comum e seus diferentes modos de existência.

Objetivos específicos

– Analisar diferentes autores e obras na sua relação com o contexto e os fenômenos atuais.
– Apontar questões de fronteira que caracterizam a contemporaneidade, refletindo sobre elas e suas inter-relações.
– Contribuir para a compreensão de aspectos relevantes da transição epocal, no sentido de colaborar para a construção de uma sociedade sustentável.
– Fomentar o pensamento complexo e transdisciplinar da realidade atual, com seus limites e possibilidades.

Público

Professores(as), pesquisadores(as), alunos(as), funcionários(as) e interessados(as) da comunidade em geral.

Certificado

Os certificados do evento estarão disponíveis a partir de 30 dias após o término do evento no portal Minha Unisinos, acessando o menu Certificados.

É imprescindível a assinatura na ata do evento para registrar a presença.

Carga horária

9 horas

Dias de aula

Conforme o programa.

Pré-requisitos

Não há.

Promoção

Universidade do Vale do Rio dos Sinos – Unisinos
Instituto Humanitas Unisinos – IHU

Ministrante

Prof. Dr. Ícaro Ferraz Vidal Junior – UTP-PR
Profa. Dra. Clitia Martins – FEE-RS e ECOECO
Prof. Dr. Deivison Moacir Cezar de Campos – ULBRA
MS Ricardo de Jesus Machado – Unisinos

Coordenação

Profa. Dra. Cleusa Maria Andreatta – Unisinos
Profa. MS Gilberto Antonio Faggion – Unisinos
Profa. Dra. Inácio Neutzling – Unisinos
Profa. Dra. Lucas Henrique da Luz – Unisinos
Profa. Dra. Marilene Maia – Unisinos
Profa. Dra. Susana Rocca – Unisinos