Biblioteca Fechada: Prevenção COVID-19

 

Biblioteca fechada em conformidade com as recomendações institucionais de prevenção ao COVID-19. Para mais detalhes sobre Book Express, acesse aqui.
Início do Conteúdo

Fique Sabendo

Parabéns Porto Alegre!

 

O que faz um lugar tornar-se especial? Uma paisagem, as pessoas, as lembranças?

Vamos falar de Porto Alegre, que hoje completa 246 anos.

O porto-alegrense sabe bem viver sua cidade e tem prazer em receber o visitante.

São tantos pontos a serem mostrados para olhares estrangeiros que praticamente o roteiro que os inclui se tornou um costume.

Desde as margens do Guaíba,  onde podemos admirar O MAIS LINDO POR DO SOL DO MUNDO (o ego faz parte do pacote turístico), até as bancas do Mercado Público não faltam opções para curtir essa cidade.

 

Foto sem autoria / Blog Imagem Poa 

 

Foto Gilberto Simon / Blog Imagem Poa

 

Ainda no Centro Histórico podemos visitar uma lembrança do que foi a Livraria do Globo, pois hoje nas suas dependências estão uma loja de departamentos e uma agência dos Correios.

 

Foto de Alfonso Abraham / Blog Imagem Poa

 

Fundada por 2 livreiros no século XIX, a Livraria do Globo alcançou projeção nacional com suas publicações periódicas.

Era parada obrigatória para compras do material escolar a cada começo de ano letivo.

No segundo  andar do prédio está  localizado o Memorial da Livraria do Globo e uma cafeteria. No passado era o local onde ficavam a venda os livros didáticos, cuja espera para o atendimento era longa e comportava estudantes e mães ao longo das escadarias. O tempo gasto na aquisição de livros novinhos era compensado com o característico perfume das páginas ainda intocadas.

A saga da compra do material escolar ainda permanece, mas agora nas feiras que se deslocam para o Mercado Público e livrarias do Centro e Shoppings Centers.

Outro orgulho de todo gaúcho é o Teatro São Pedro.

 

Foto Ramiro Furquim / Sul21 

 

Difícil encontrar alguém que não saiba da luta pela sua reabertura e ampliação.

Da história deste teatro existe um nome inesquecível: Eva Sopher. Dona Eva, como gentilmente era chamada, nos deixou no comecinho de fevereiro.

A Presidente do Teatro São Pedro foi uma árdua batalhadora para que esse patrimônio não sucumbisse.

Claro que essa batalha não foi travada sozinha, mas ela esteve por 43 anos se dedicando ao funcionamento deste teatro com muitas vitórias - como o projeto de sua ampliação, um legado a ser terminado.

A reinauguração aconteceu em 1984 com o monólogo feito por Bibi Ferreira contando a vida de Edith Piaf.

Porto Alegre também já foi considerada uma das capitais mais arborizadas do país. Seus parques e praças são refúgios para "gaúchos de apartamento", dada preferência pela construção de condomínios verticais para atendimento da moradia da população.

 

Foto sem autoria / Blog Elenara Leitão Arquitetando Ideias

 

A Unisinos também está presente na capital gaúcha. O primeiro movimento da universidade em Porto Alegre foi com a criação da Escola de Design em 2006.

Após, em 2010, a Unisinos se instalou de vez em Porto Alegre, quando, com o objetivo de ampliar a sua área de atuação, firmou uma parceria junto ao Colégio Anchieta, que disponibilizou parte de sua estrutura para a universidade. Em 2014, foi anunciado a construção de um novo prédio acadêmico na Zona Norte de Porto Alegre.

Em março de 2017 iniciaram as aulas no novo campus da Universidade, na Avenida Nilo Peçanha, trazendo para a capital um espaço educacional inovador, com mais criatividade, sustentabilidade e cultura.

 

      

 Foto: Engenhosul

 

Com o novo campus, a Unisinos trouxe também para Porto Alegre um teatro com capacidade para até 510 pessoas sentadas, possuindo flexibilidade de receber tanto um concerto de uma orquestra sinfônica, como um seminário acadêmico/empresarial e também ser palco de um teatro italiano.   

 

 Fotos: Juliana Borgmann

 

 Os espaços do Campus Unisinos Porto Alegre são uma proposta para enriquecer a capital dos gaúchos com mais conhecimento, cultura, arte e ação social!  

 

Texto elaborado por Rita Andria e Susana Holtz.